Polícia Civil inicia projeto de capacitação em educação especial para Policiais Civis na acadepol

 Em busca da inclusão social de forma efetiva, a Polícia Civil de Santa Catarina começou um projeto pioneiro de capacitação dos policiais civis de sensibilização no atendimento de pessoas com deficiência. A iniciativa é realizada por meio da Academia da Polícia Civil (Acadepol/PCSC) em parceria com a Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE).

Para isso, na quarta-feira (11) foi realizada uma reunião entre a PCSC e a FCEE para alinhar as ações iniciais do projeto.

Segundo o diretor da Acadepol, delegado de polícia André Bermudez, a proposta da Delegacia Geral da PCSC alinhada às diretrizes de educação especial tem como finalidade capacitar o policial civil no atendimento às pessoas com qualquer dificuldade de comunicação, independentemente da idade ou restrição.

A dificuldade na comunicação de pessoas com deficiência acaba segregando as pessoas nas mais variadas relações sociais, incluindo os serviços públicos. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 45 milhões de brasileiros possuem alguma dificuldade visual, auditiva, de locomoção ou incapacidade mental.

Participaram da reunião o delegado de polícia Alan de Paula, o escrivão de polícia Daniel Godoy e as representantes da Fundação Catarinense de Educação Especial Márcia Cristina Martins, Jeane Rauh Probst Leite, Tamara Joana Casarin e Fernanda Karen Bruggemann Faucz Andrade.

 

GOVERNO DE SANTA CATARINA
COLEGIADO SUPERIOR DE SEGURANÇA PÚBLICA E PERÍCIA OFICIAL

CENTRO ADMINISTRATIVO DA SEGURANÇA PÚBLICA DELEGADA DE POLÍCIA LÚCIA MARIA STEFANOVICH

Avenida Governador Ivo Silveira, nº  1521 - Capoeiras  - Florianópolis-SC  - CEP: 88.085-000.

Atendimento ao Público: 13h às 19h.

 Fone: (48) 3665-8100 - Email: direcaogeral@ssp.sc.gov.br

2022 CSSPPO/SC.

Search