Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina alerta sobre cuidados que devem ser tomados nas praias

águasalgada

 

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), 15 brasileiros morrem afogados diariamente, sendo que homens morrem em média 6,8 vezes mais e a maioria dos afogamentos acontecem com pessoas entre 10 e 59 anos de idade. 44% das mortes ocorrem no período entre dezembro e março e mais de 90% por causa de correntes de retorno.

Mais de 90% das mortes ocorrem por, pessoas que ignoram os riscos, não respeitam limites pessoais ou desconhecem como agir.

Em Santa Catarina, segundo os dados do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) no último verão as vítimas de afogamentos seguidos de morte foram principalmente homens, de em média 28 anos.

E é possível evitar os afogamentos com alguns cuidados!

Cuidados em praias

Baixe o aplicativo “PRAIA SEGURA CBMSC” que está disponível para Android, que indicará os locais dos Postos de Guarda-Vidas ativados; as bandeiras das condições da praia; as praias com acessibilidade; a balneabilidade (água própria ou imprópria para banho) e se há a ocorrências com água-vivas – todas estas informações são atualizadas todos os dias, veja antes mesmo de sair de casa;

- ao chegar na praia observe a bandeira que está em cima do posto de guarda-vidas, sendo que: bandeira vermelha indica “alto risco de afogamento”, bandeira amarela “médio risco de afogamento” e bandeira verde “baixo risco de afogamento”, mas, lembrando lembre-se que mesmo com a bandeira verde sempre existe o risco. A bandeira lilás indica a presença de Águas-vivas e a bandeira preta que aquele posto está desativado;

- procure ficar o mais próximo de um posto de Guarda-Vidas, o indicado é que você fique em um raio de 200 metros;

- se você estiver com criança, ou pessoas com alguma vulnerabilidade, temos disponível gratuitamente nos nossos postos de Guarda-Vidas as pulseirinhas de identificação;

- observe também a bandeira fixada na faixa de areia. A bandeira vermelha indica “local perigoso”, ou seja, naquele local existe um risco diferenciado - buracos, corrente de retorno, entre outros perigos, ou seja, não entre no local e, a bandeira verde indica a área mais adequada para banho;

- ficou alguma dúvida? Quer mais orientação? Pergunte aos guarda-vidas, eles podem te ajudar;

- respeite os guarda-vidas, eles estão atuando voluntariamente para te ajudar com orientações de prevenção e podem salvar a sua vida em casos de emergência;

- se você se encontrar em uma corrente de retorno, mantenha a calma e nade paralelo a praia. Nadar contra a correnteza somente fará com que você perca a força e fique cansado;

- NÃO ande nos costões, você pode escorregar e cair no mar;

- se você ingeriu bebida alcoólica ou fez uma refeição recentemente, NÃO entre na água, aproveite a faixa de areia;

- se você foi queimado por água-viva procure os nossos postos de guarda-vidas;

- lembre-se de dar o exemplo! As crianças te observam e quando você entra em locais com a bandeira vermelha da faixa de areia (local perigoso), elas podem entender que esse é um local seguro!

Fonte: Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina.

GOVERNO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA

CENTRO ADMINISTRATIVO DA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA DELEGADA DE POLÍCIA LÚCIA MARIA STEFANOVICH

Avenida Governador Ivo Silveira, nº  1521 - Capoeiras  - Florianópolis-SC  - CEP: 88.085-000.

Atendimento ao Público: 13h às 19h.

 Fone: (48) 3665-8100 - Email: direcaogeral@ssp.sc.gov.br

2019 SSP/SC. Desenvolvido por DTI - Divisão de Tecnologia da Informação

Search