O Secretário de Estado da Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Junior, prestigiou a solenidade de instalação da Agência de Integração de Serviços Auxiliares (AISA) do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC). 

 

O evento aconteceu na tarde desta sexta-feira, 22, no Centro Administrativo da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). Na ocasião duas militares que fizeram parte da história dos Programas Comunitários do CBMSC receberam a medalha de Mérito Comunitário, concedida como reconhecimento ao destaque na realização de ações de reais benefícios para o desenvolvimento dos programas comunitários e para a aproximação entre a comunidade em geral e a corporação.

 

A Sgt Sgt BM Jéssica Gabriele Maia dos Santos e a Sgt BM Gláucia Krueger da Silva., ingressaram na Corporação em 30 de janeiro de 2006 na primeira turma de soldados com vagas femininas. Desde então, ambas atuam nos Programas Comunitários do CBMSC. Durante 12 anos, estas duas militares fizeram parte da história dos Programas Comunitários do CBMSC.

 

 

Com a previsão de incremento no número de voluntários, sejam Guarda-Vidas Civil ou Bombeiros Comunitários, complementando a atuação dos bombeiros militares, e sempre supervisionados por estes, surgiu a necessidade de integrar as missões desenvolvidas pelos órgãos de direção e apoio do CBMSC na gestão da formação e emprego deste efetivo, missão não comportada pela Coordenadoria de Programas Comunitários e Projetos Sociais considerando sua finalidade de assessoramento.

 

Por esta razão, foi criada a Agência de Integração de Serviços Auxiliares (AISA) por meio da Portaria Nr 446, de 21 de dezembro de 2017, que foi instalada oficialmente em espaço, cedido pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e tendo como sua primeira integrante a 3º Sgt BM Gláucia Krueger da Silva.

 

A primeira organização de Bombeiro Comunitário foi implantada em Santa Catarina, em 18 de dezembro de 1996, na cidade de Ituporanga, composta de 07 Bombeiros Militares e 17 Bombeiros Comunitários. Nascia assim o programa Bombeiro Comunitário do CBMSC.

 

 

Também no final da década de 90 foi implantada a formação de Guarda-Vidas Civis, que com a vigência da Lei Nº 12.470, de 11 de dezembro de 2002, possibilitando o ressarcimento pelo serviço voluntário e a contratação de seguro de vida e contra acidentes para os voluntários, cresceu exponencialmente. Atualmente, contamos com mais de 1.500 Guarda-Vidas Civis durante a Operação Veraneio em nosso Estado.

 

A Lei Nº 17.202, de 19 de julho de 2017, garantiu aos Bombeiros Comunitários os mesmos benefícios previstos para os Guarda-Vidas Civis, como seguro de vida, seguro-saúde e pensão em caso de morte ou invalidez, além da possibilidade de ressarcimento pelo serviço voluntário, que ainda carece de regulamentação para sua implementação.

 

A Coordenadoria de Programas Comunitários foi criada em 17 de junho 2013, através da Portaria Nr 262 e tem como objetivo desenvolver a cultura de prevenção a sinistros na sociedade, através de ações preventivas e ambientais, representada neste ato pelo Presidente Ten Cel BM Renaldo Onofre Laureano Júnior e pela Secretária 3o Sgt BM Jéssica Gabriele Maia dos Santos.

 

 

A Sgt Jéssica atuou intensamente na formação de Bombeiro Mirim, Juvenil e Brigada Comunitária. Este último, financiado pelo PAC – Programa de Aceleração do Crescimento, e pela SENASP – Secretaria Nacional de Segurança Pública, ganhou destaque nacional, ao receber o Prêmio Melhores Práticas em Gestão Local, promovido pela Caixa Econômica Federal, e ainda foi reconhecido pela Fundação Banco do Brasil, como “Tecnologia Social”, por atender ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável, da ONU, promovendo a aprendizagem do conjunto de técnicas de intervenção e prevenção de emergências de primeiros socorros, incêndio e acidentes domésticos.

 

A Sgt Krueger atuou como Bombeira Comunitária e Guarda-Vidas Civil por 4 anos antes de ingressar como Bombeira Militar na Corporação. Foi pioneira na elaboração da Cartilha do Programa Bombeiro Mirim em 2007, o qual serviu de orientação para todo o Estado de Santa Catarina. Atualmente, coordena o Projeto Golfinho que acontece no litoral catarinense há 20 anos, e agora está atuando na implementação do mesmo na região não litorânea de SC a fim de evitar afogamentos em água doce (rios, lagos, piscinas). Diante do destaque do Projeto Golfinho, a sargento apresentou o mesmo no XVI Seminário Nacional de Bombeiros em Florianópolis e no II Encontro Nacional de Bombeiras em Recife, e foi convidada pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia para auxiliar na implantação de projeto semelhante naquele Estado.

GOVERNO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA

Avenida Governador Ivo Silveira, nº  1521
Capoeiras  - Florianópolis-SC  - CEP: 88.085-000.

Atendimento ao Público: 13h às 19h.

 Fone: (48) 3665-8100 - Email: gabinetesecretario@ssp.sc.gov.br

2018 SSP/SC. Desenvolvido por DTIC - Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicações.

Search